barra

Mercado Fundiário

O mercado fundiário integra duas vertentes distintas:

  • o mercado de arrendamento rural
  • o mercado de compra e venda de terras

No âmbito do mercado fundiário existem diferentes tipos de terrenos, integrados em diferentes nichos de mercado, com características distintas e consequentemente com valores de transação muito díspares, distribuídos por um intervalo de valores bastante alargado.

Uma das características de maior diferenciação, para além da sua aptidão produtiva, prende-se com a sua capacidade edificativa que está caracterizada e condicionada pelo estipulado no Plano Diretor Municipal (PDM), definido pelas autarquias.

O mercado fundiário é um mercado livre, de reduzida dimensão e dinamismo, com um elevado nível de heterogeneidade, sendo a informação sobre os valores de transação escassa e pouco transparente.

Para  prospeção de valores atuais praticados no mercado fundiário referem-se algumas fontes de consulta:

  • instituições bancárias
  • imobiliárias locais
  • revistas e jornais locais
  • entidades públicas locais – juntas de freguesia, delegações regionais do ministério da agricultura, repartições de finanças
  • peritos avaliadores de tribunal da comarca
  • cooperativas, associações e agrupamentos de produtores
  • agricultores da região
  • base de dados de entidades expropriantes referentes a obras locais
  • bases de avaliação de zonas submetidas a projetos de emparcelamento recente