barra

Vinha

A vinha e o vinho constituem um património cultural e económico que representa para nós, Portugueses, tal como para a generalidade das civilizações mediterrânicas, um dos traços fundamentais da nossa identidade cultural, como povo e como nação, que importa preservar e valorizar para transmitir às gerações futuras, enquanto elemento diferenciador e identificador da nossa cultura. O vinho, e por consequência na economia agrícola, constitui uma atividade produtiva fundamental, como se pode verificar nos dados estatísticos nacionais e comunitários.

cacho de uva fim

A cultura da vinha encontra-se condicionada ao cumprimento de disposições que visam assegurar a estabilidade ao viticultor através da promoção de uma adequada regularidade na produção de uva, de vinho e produtos vínicos, bem como a constante melhoria da sua qualidade.

Para contribuir para o aumento do rendimento dos viticultores, o potencial produtivo das nossas vinhas deve ser valorizado dado que possui vantagens comparativas relativamente aos nossos principais concorrentes.

A Entidade Nacional competente para informações sobre o setor da vinha e o vinho é o Instituto da Vinha e do Vinho.

Existe um programa de apoio nacional ao setor vitivinícola e existem apoios no âmbito da reconversão e reestruturação das vinhas. A Portaria n.º 74/2013, de 15 de Fevereiro, estabelece, para o continente, as normas complementares de execução do regime de apoio à reestruturação e reconversão das vinhas e fixa os procedimentos administrativos aplicáveis à concessão das ajudas previstas para a campanha vitivinícola de 2013-2014

No âmbito da atual Organização Comum do Mercado e das medidas de apoio aí previstas, mantem-se o regime de apoio à reconversão e reestruturação de vinhas, que abrange, entre outras: a reconversão varietal (efetuada por replantação, por sobreenxertia ou reenxertia); a relocalização de vinhas (efetuada por replantação noutro local); a melhoria das técnicas de gestão da vinha.

As regras e informações básicas sobre este regime de apoio podem ser consultadas diretamente da página do IFAP, onde também pode consultar informação sobre o plano apoio nacional do vinho e o plano de apoio nacional da vinha.

Para esta cultura existem normas de produção integrada.

Para mais informações consultar, a título de exemplo:

Direção Geral de Alimentação e Veterinária – DGAV – Fitossanidade

Direção Regional de Agricultura e Pescas - Alentejo

Direção Regional de Agricultura e Pescas - LVT

PRODER - Programa de Desenvolvimento Rural

Inovação e Tecnologia na Formação Agrícola – Viticultura de Precisão

Vinho biológico - Aprovadas regras para vinificação

Manual de Boas Práticas de Produção Vitivinícola